A FARSA DOS OPOSTOS

           O título do espetáculo já o denúncia. Seu enredo também é simples: a farsa de um reino decadente e falido onde os soberanos tentam a qualquer custo esconder a existência da dualidade, os contrastes da vida como ela é. Aliás essa história bem pode ser uma representação do "microcosmo" social brasileiro na contemporaneidade e seus arquétipos

        

          Esse é um texto caro ao Imbuaça, montado em 1992, foi um marco na estética do Grupo. Vinte anos depois sua dramaturgia tão atual, nos levou a um projeto de remontagem. A “culpa”? A “culpa” continua sendo do pastoril, do mamulengo, dos dramas circenses, dos palhaços, do carnaval, das novelas, da política, das seitas, enfim, a “culpa” é do Brasil, onde ainda “manda quem pode e obedece quem tem juízo”.

Ficha Técnica

Direção

João Marcelino

Texto

Clotilde Tavares  e Grupo Imbuaça.

Elenco

Carlos Wilker, Iradilson Bispo, Lindolfo Amaral, Manoel Cerqueira, Lidhiane Lima, Jonathan Rodrigues, Rosi Moura, Sandy Soares e Talita Calixto.

Cenário, figurino, Maquiagem e Adereços

João Marcelino

Preparação corporal

Carla Martins

Execução de figurino

Adjânia  Nunes e João Marcelino

João Marcelino

Execução de adereços

Iradilson Bispo e João Marcelino

Confecção de Bonecos

 Mamulengo de Cheiroso

Execução de figurinos dos bonecos

Maurelina Santos

Contrarregragem e Operação de Som

Rogers Nascimento

Camarim

José Rosa
Auxiliar de Ateliê

Rosi Moura

 

Gênero: farsa

Duração: 60min

Classificação: livre

p. 2012